Sexta-feira, 4 de Abril de 2014

Tesouros escondidos

Procuro no interior.

Remexo-os, troco-os de um lado para o outro.
Decido tirar tudo para poder ver melhor.
Um a um, vou tirando os momentos e sentimentos que fui guardando ao longo dos anos.
E que tesouros tinha escondidos,
alguns até esquecidos...
Ponho-os sobre a mesa.
Não, não encontro aquele que procuro!
Volto a guardar cada um no respectivo lugar.
Devagar, tentando senti-los,
buscando aquele que me faz falta neste momento.
Tinha de o ter posto no lugar do costume.
Isto acontece-me quando quero que desapareça quando as coisas não correm bem.
Parece que desapareceu definitivamente!
E agora... este último não entra?
Ainda agora os tinha todos lá dentro...
Espreito para ver o que se passa.
Aí está aquele que procurava.
Como sempre, diante dos meus olhos.
Como sempre, vejo-o tarde...


Alma às 19:07
| comentar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts por mês:

Abril 2014

Fevereiro 2014

Abril 2012

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Novembro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

todas as tags

mais sobre mim:


quem sou?

seguir perfil

. 20 seguidores

almas penadas