Sábado, 8 de Maio de 2010

O nosso caminho

Algo belo na vida, e por vezes também doloroso, é não saber exactamente onde nos leva cada caminho. Por sorte, temos sempre opções que devemos escolher consoante nos pareça mais aceitável, sabendo de antemão que essa selecção nos abre ou fecha diversas "portas".
Muitas vezes escolhemos o caminho tendo em mente uma meta, outras porque consideramos ser a melhor saída. Há ainda outras vezes em que, de uma ou outra forma, levam-nos a fazê-lo.
Certo é que estes caminhos trazem consequências, boas ou más, e que mesmo que se possa partilhar tanto a dor como a felicidade, o caminho é o nosso, assim como as consequências que daí advirão.
Muitas vezes enganamo-nos e afastamo-nos do caminho desejado, muitas outras sairá melhor do que tínhamos pensado.
Esta é a beleza da vida humana, ter sempre opções mesmo que não saibamos o que escolher...


Alma às 23:27
| comentar

publicados 111 posts:

Tesouros escondidos

Dez minutos

Espero algum dia voltar a...

Dilema

Encontro

Destino

Precisa-se

Pensamento do dia

Vida exemplar

Não me apetece dar título...

A idade interessa?

Infiel... ser ou não ser

A seu lado

Deixa-me entrar

Parabéns ao meu blog...

Encontro com Satanás

Manada cruel

Chocolate

Contigo...

Cinderella

Mendigo

Musica do dia

Sorriso à Lua

Parabéns ao meu blog...

O vento

Palavras

Uma Europa Hipocrita

Vida

É hoje

Ontem, tu e eu

Escudo de pedra

Acordar

E agora...

Festa

O nosso caminho

Percepção do tempo

Desculpa, ainda não sou c...

Escrever um livro...?

Carta à minha filha

ADEUS

Sentimento de impotência

A tempestade

Tudo muda

Teimosia

Sinto a tua falta

Respeito

Um horizonte de possibili...

Onde nasce o ódio

Dizem que

A busca

posts por mês:

Abril 2014

Fevereiro 2014

Abril 2012

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Novembro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

mais sobre mim:

almas penadas