Domingo, 2 de Agosto de 2009

Botão ON/OFF

Gostava de ter um botão onde me pudesse desligar por algum tempo.

Primeiro desligo o botão e por instantes a energia não se transmite no meu corpo, assim como os pensamentos.
Aceito a vida como ma ditam, não questiono as verdades nem as mentiras.
Agora é tudo como me dizem, aceito e contento-me com as respostas que me dão, por pouco sentido que tenham.
Posso acreditar que o mundo é um sitio belo, que os humanos temos um coração grande, que não existe dôr.
Posso acreditar que o sol gira à minha volta quando tenho frio e que a lua me abraça cada noite quando tenho medo da escuridão.

Depois alguém liga o botão.
Volto a poder pensar, questiono o que vejo e oiço, volto a duvidar de tudo e todos, volto a sentir frio e medo... mas também volto a sentir o amor, a amizade, a alegria de viver...(?)...

Agora controlo a minha vida!
Já não sou uma marioneta. Pelo menos, até me desligar novamente.


Alma às 23:23
| comentar

publicados 111 posts:

Tesouros escondidos

Dez minutos

Espero algum dia voltar a...

Dilema

Encontro

Destino

Precisa-se

Pensamento do dia

Vida exemplar

Não me apetece dar título...

A idade interessa?

Infiel... ser ou não ser

A seu lado

Deixa-me entrar

Parabéns ao meu blog...

Encontro com Satanás

Manada cruel

Chocolate

Contigo...

Cinderella

Mendigo

Musica do dia

Sorriso à Lua

Parabéns ao meu blog...

O vento

Palavras

Uma Europa Hipocrita

Vida

É hoje

Ontem, tu e eu

Escudo de pedra

Acordar

E agora...

Festa

O nosso caminho

Percepção do tempo

Desculpa, ainda não sou c...

Escrever um livro...?

Carta à minha filha

ADEUS

Sentimento de impotência

A tempestade

Tudo muda

Teimosia

Sinto a tua falta

Respeito

Um horizonte de possibili...

Onde nasce o ódio

Dizem que

A busca

posts por mês:

Abril 2014

Fevereiro 2014

Abril 2012

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Novembro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

mais sobre mim:

almas penadas