De Anónimo a 6 de Setembro de 2009 às 20:24
Quero te dizer-te que acho muito interesante,observar um pouco o que se vai passando dentro de ti.E por louco que pareca,consigo levar algum tempo do dia a falar contigo.Muitas dos teu sentimentos,pensamentos,palavras,sao como se fossem um dejavu.No entanto tenho a certeza de que o que vivi nao tem nada a ver com o que tu viveste.Quer dizer ke por esse mundo fora existem muitos como nos?ou sou eu que ao ler as tuas palavras acho e sinto como meus mas no fundo nao tem nada a ver?Peco-te desculpas se faco tantas perguntas.E se e real?Eu ando a procura da minha verdade.Uma coisa e certa tu es real.Nao desistas de ti.Como gostavas de viver,e o que te impede de o ser?Um abraco


De Alma a 9 de Setembro de 2009 às 16:27
Estas palavras foram escritas em dia de tempestade, aqueles que nos amolecem o cérebro.
Mesmo havendo quem deseje que eu deixe cair a toalha, o certo é que não se livrarão facilmente de mim, são pensamentos que por vezes me passam pela cabeça, mas muito longe de se tornar realidade.

Obrigado


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.