4 comentários:
De ginha a 27 de Abril de 2010 às 18:03
Olá Alma DE LUZ!
Eu só te posso falar do que passei, talvez tu possas aproveitar algo. Eu não sei até que ponto te observas a ti próprio sem te criticares nem julgares por o que és. O Ego tenta sempre que tu o ouças e fiques com medo de te enfrentares contigo próprio. Eu digo-te que tu és um ser cheio de sabedoria, e não existe ninguém que te conheça tão bem como tu próprio. Para mim é importante estar consciente do que se está a passar, e quanto mais rápido eu me apercebo de que estou na minha fase negativa, mais rápido posso agir. Aí começa o diálogo, o mais importante é aceitares que estás aí, e que a solução não vem da tua cabeça, mas sim da tua essência Eu quando estou assim dou um banho de água e sal, para limpar, faz bem. Um abraço de LUZ


De Alma a 5 de Maio de 2010 às 23:41
Obrigado Ginha por essas sábias palavras.

Vou tomar banhinho ao mar


De Palavras Rasgadas a 29 de Abril de 2010 às 16:37
Lembrei-me de uma celebre frase de Caeiro (Fernando Pessoa)

"Pensar incomoda como andar a chuva"

Também eu desejo esse mundo sem maldade!! Todos os dias somos prejudicados pela maldade de algum ser que nos rodeia... ou não. E isso não devia ser permitido.






De Alma a 5 de Maio de 2010 às 23:52
É verdade, o mundo sem maldade é uma utopia, mas todos o desejamos.

Obrigado


Comentar post